terça-feira, 7 de outubro de 2008

Mulheres brasileiras

elas estao sentadas dentro da garagem do Ferry-boat,
elas esperam chegar do outro lado da margem que separa
o mar da terra...
o que mais elas esperam ao chegar do outro lado da margem
que separa o mar da terra?

4 comentários:

Madu disse...

Quantas histórias essas memórias cochilantes guardam e poderiam socializar? Não aprendemos a conviver com as diferentes idades da vida...

DIARIOS IONAH disse...

pois eh... muitas vezes fico observando os seres humanos assim parados, com olhares que nao sabemos o que se passa la dentro da cabeça, do coração,
pessoas sentadas em lugares publicos, ou em pe nos pontos dos onibus, filas de bancos e outras mais....
gosto de olha-los....

M. Chauvin disse...

Ontem eu tive uma boa experiência dentro do ônibus: dona Sebastiana, uma senhora de 93 anos, 10 filhos, 7 netos, 8 bisnetos, 2 tataranetos... Aniversaria no dia 29 de Novembro e sempre faz um baile dançante que começa as 15 hrs e só termina as 20 hrs, quando partem o bolo. Ela confessou que mesmo sendo evangélica adora músicas mundanas...não as atuais, mas as antigas e que possui uma vitrola de 130 anos. Sem falar a foto dela que está na África...levada por uma pastora da igreja dela.
Soube disso tudo num engarrafamento infernal que durou cerca de 3 horas! E sabe o que mais amei nela? o bom humor! ela disse que se fosse outra pessoa estaria xingando...questionando Deus, pois ela estava atrasada para uma reunião...mas ela não, sorria, pois via um lado bom ali: me conhecer!
Essa sua foto me lembrou dona Sebastiana.

DIARIOS IONAH disse...

Mariana,
no meu entendimento sao estas pessoas, iguais a dona que voce conheceu dentro do onibus em um engarrafamento,
que sustentam o mundo,,,,,,

este eh um diario atraves de imagens. a cronologia nunca sera a mesma. ele tanto pode estar no passado como no presente mas sempre com o futuro como meta, como se fosse O OLHO REAL.