sábado, 5 de julho de 2008

ele esta morto, mortinho da silva quenga

Tadinho.um buraco bem na carcaça!sem falar do sol esturricante que estava fazendo.
senti saudades do mar e da brisa do mar, agora que moro no centro proximo do rio, e com dias de chuvas e friorentos so passando no arquivo de imagens para matar a saudade do tempo de sol e mar.
mas em vez de pegar uma imagem do mar azul e ceu idem peguei esta aqui.acho que porque ando lendo um escritor meio depressivo, mas muito bom chamado Thomas Bernhard......

3 comentários:

Madu disse...

Êta saudade besta!
Queria mais o azul pra me afogar,
o cinza me sufoca!

caligrafiasdasrta.sofia disse...

Coitado dele!!! Por falar em saudades, estou com muita saudades de ir para a praia!!!

DIARIOS IONAH disse...

mas voce vai morar do lado de uma praia!

este eh um diario atraves de imagens. a cronologia nunca sera a mesma. ele tanto pode estar no passado como no presente mas sempre com o futuro como meta, como se fosse O OLHO REAL.