quinta-feira, 3 de julho de 2008

este fruto bendito

para mim foi muito mais do que
um simples mamao.
foi como se estivesse comendo
as estrelas do ceu e do mar......

Um comentário:

Madu disse...

Esse mamão tem pocas sementes!
Premonição de que não terá tantas estrelas na suas descendência.
Mesmo porque você comeu essa possibilidade!

este eh um diario atraves de imagens. a cronologia nunca sera a mesma. ele tanto pode estar no passado como no presente mas sempre com o futuro como meta, como se fosse O OLHO REAL.