domingo, 4 de fevereiro de 2007

TEMPO III


Continuar falando do Tempo,
sera que vou exaurir?nao sei. Eu so sei
que agora enquanto ouco o Bob Marlen e
lia uns poemas do Shakespeare,
era sobre o tempo ,que
eu ouvia, que eu lia,,,
e entao,
me veio outra vez no pensar uma
observacao que fiz junto a
algumas amigas (e que ate causou
muito bate boca e ate um certo mal estar);
ha uns dois anos atras numa
viagem de caro entre o sul de Minas Gerais e Sao PAULO....
EU dizia que
para os HOMENS o tempo
ate que era um amigo,
eles a medida que envelhecem ficam mais belos, mais vistosos, mais senhores de SI. ;;;enquanto com a MULHER se da o caminho inverso, as mulheres ficam mais feias , perdem o vico, ficam mais inseguras e etc.....
Esta minha observacao causou muito mal
estar entre as minhas amigas!

Embora eu sei que a medicina moderna esta ai para auxiliar estes pequenos incovenientes que atrapalham a vaidade, eu estou falando de do TEMPO seguir seu curso naturalmnete, sem interferencias cientificas, humanas......

EH isso.....quero saber a opiniao de quem me for ler aqui....

6 comentários:

philh disse...

oi... eu gostei e concordo em partes
nausm achu que isso varia de pessoa por pessoa mais comcordo pelanamente que o lado feminino sai mais afetado ....
com o tempo a auto-estima cai ... e isso para as mulheres é uma barra bem pesada
"poara algumas" acreditam que tem pessoas que aceitam isso normalmente e vivem bem com isso mais nos tempos de hj cuja a beleza e a suposta elegância e algo realmente importante para o convívio social vejo que a velhice digamos que abatem mais facil as mulheres...
mais naum é culpa do tempo , naum é culpa das mulheres , isso sim é culpa do cotidiano culpa da juventude culpa do mundo ...
essa ai é minha opinião ....

amgel_rn disse...

Olá Tamar, Pensando o tempo dessa forma realmente ele parece mais complacente com os homens, mas pense também em como ele ao deixá-los mais charmosos e interessnates, tabém deixa-os menos "vigorosos" e precisam recorrer a ciência para corrigir este "defeito". O tempo é soberano e sábio, mas é também cruel com quem não respeita.
Gostei de tudo que li sobre o tempo em seu blog. Bjs.

Reinaldo disse...

Tenho 47 anos, não prático esportes a muitos anos, e até tenho um certo orgulho de minha pseudo-indolência.
Sobre a beleza, a sensualidade, e a leveza, não a vejo em detalhes estéticos, que obedecem a ordem natural da vida.

Quanto a estar saudável e feliz, é diferente, e não podemos impor condições para nos amarmos, em qualquer sentido.
Um sorriso, um gesto de carinho, a amplitude de um abraço gostoso, a espirituosidade, são marcas de pessoas que estão de bem consigo e com a vida.
A beleza física é importante até o momento da superfície. É como uma propaganda bem colocada, mas por melhor que seja a propaganda, o conteúdo daquilo que se compra é o que nos faz fiel à marca ou ao produto.

Uma mulher de 50 ou 60 anos, que seja disposta, alegre, carinhosa, que ame a si mesma, é muito mais interessante e sensual, do que uma menina de 20 anos, que tenha um ótimo corpo, e pare por aí.

O desejo sexual, não é despertado pela forma do corpo, mas como o dono do corpo participa deste jogo, gestos, sorrisos, respiração, transpiração, tons de voz. Tudo isso faz parte.

O que vale, é o que existe no fundo do vale. Onde poucos conseguem alcançar. Beleza é fundamental, mas a beleza é composta de sutilezas que vão muito além dos padrões estéticos impostos pela "industria da beleza". A beleza verdaeira é resultado da composição, da harmonia, da luz, das cores, e da textura, que só o tempo e a mão do artista pode oferecer.

Tenho uma opinião não muito lisonjeira, sobre pessoas que brigam com o espelho, se endividam, tiram a expressão da face, e ganham um sorriso de derrame facial, em busca de uma juventude que não está mais dentro de si. Aí está a harmonia. Não é porque nasceu uma primeira ruga, ou ganhou uns quilinhos a mais, ou a musculatura decidiu relaxar um pouco e deixar aquela tensão toda, que a mente deve ser naufragada em seus desejos.
Ao meu ver são vazias, e buscam a superfície, pois nada existe por dentro a oferecer. Caixas de presentes muito bem embrulhadas com palitos de dentes, por dentro. Só serve para palitar os dentes. Isso se a pessoa que ganhou a caixa tiver este hábito. rsssss (Analogia idiota rsssss)

Tanto a mulher quanto o homem, na minha opinião, devem continuar a vida, se acariciar, se amar, e viver, sem a vergonha que algúem plantou em suas cabeças.
Estava comentando com minha esposa ontem. EStavamos sozinhos em casa. Minhas filhas haviam saído.
- Daqui há alguns anos Henriete, poderemos andar pelados o dia todo pela casa, sem ser incomodados, igual indios. Vai ter coisa caida para todo lado daqui a uns 20 anos. E nós rimos juntos e topamos a parada, pois existe um elo que ultrapassa a epiderme e vai um pouco mais além.

Vejo muitas coisas em mim que desejo mudar, mas tudo está em meu caráter, e não em meu corpo. Mas vou tocando a vida, e rindo com ela, chorando, e seguindo em frente.


Estou rodando e rodando sem concluir nada, me perdoe Tamar.

Um grande abraço

DIARIOS IONAH disse...

gostei da visita de todos, achei a opiniao de cada um muito proprio de cada um.
msd eu nao estou falando da diferenca do tempo entre homem e mulher como algo ruim, ou sem graca,
apenas uma constatacao.
eh o mesmo que visualizar o YNG e o YANG.
ESTA EH UMA LEI DA NATUREZA.
so basta ver que a mulher tem um tempo para gerar filhos e o homem
nao,eles podem gerar ate morrer de velhice......
e eu nao estou comentando o tempo aqui com nenhum recentimento por ser mulher e estar em mim acontecendo as mudancas do tempo.
sou bastante concsiente da minha vida.
tambem nao quero fazer deste texto uma comparacao entre mulheres maduras&meninas novinhas.
todas as mulheres maduras ja foram meninas novinhas,
o pobto eh outro!

Landa disse...

acho que é uma questão de cabeça, de como encarar a vida. O homem, o último sentido que ele perde é o sentido do sexo, do fato de ser "macho", ele é predador por natureza e a mulher é cheia de fases, passa por várias modificações durante a vida e ainda sangra todo mes e depois qdo para, fica com crise existêncial. A mulher se questiona muito, se cobra muito, além do fato de ter sido sempre diminuida em relação ao homem, talvez por isso seu organismo sofra e também por ser mais sensível, porque e´comprovado cintíficamente que a constituição: homem/mulher é diferente.

JWRB disse...

Oi Tamar.
Bom dia!!!
O assunto tempo que vc postou no seu blog e muito interessante.
Tanto que vou escrever algo a respeito do assunto Tempo.
Mas vou te apresentar um Orixá Africano pouco conhecido no Brasil chamado “Orixá Tempo”.
Na África Central "Nigeria" região também conhecida como Yorubalandia existe um ancestral divinizado chamado Tempo e também existe uma Sociedade Secreta de Velhas Anciãs chamado de culto de Ìyàmì Òsòròngà, minha mãe feiticeira, entre os iorubas. (Que são muito respeitadas)
Essas ÌYÁLÔRÍSÀ – Mãe dos Òrisàs é, ao mesmo tempo, a Ìyálàse, “Mãe”do Àse. Elas são portadoras do Maximo de áse, recebe e herde toda força material e espiritual que possui o “terreiro” desde a sua fundação.
Estas 2 sociedades africanas são muito diferente de tudo que conhecemos aqui na nossa sociedade Ocidental civilizada. E podem acrescentar algumas informações relevantes a nossa maneira de pensar.O que vc acha?

este eh um diario atraves de imagens. a cronologia nunca sera a mesma. ele tanto pode estar no passado como no presente mas sempre com o futuro como meta, como se fosse O OLHO REAL.