domingo, 14 de dezembro de 2008

a fonte e o voo do besouro

Eu agora,
estou ouvindo o voo do besouro, do Rimsky-Korsakov,(compositor russo) tocado por 8 pianos ao mesmo tempo.
Uma peça musical intensa de apenas um minuto e alguns segundos, os pianistas estavam suando no final!
Antes eu estava na praça degustando um sorvete de chocolate branco e ouvindo confidencias de uma desconhecida. E então, a tarde aos poucos foi chegando e de repente eu vi a iluminosidade da praça, e vindo da fonte.
Ai eu percebi, nossa , isso é uma cidade de interior, e eu estou aqui no meio desta praça, curtindo o tempo. Algumas pessoas passando, crianças correndo, e aquele gostinho de pacato deu para sentir como a vida é bela no simples modo de ser.
C'est la Vie! que frase que eu gosto!

2 comentários:

Madu disse...

Muito linda a fonte luminosa que jorra da fotografia.

DIARIOS IONAH disse...

eh verdade, eh muito linda a fonte luminosa.
e a praça fica com uma graça especial.
todos rodopiando em volta dela como piões,
so por isto valeu a minha ida a praça,
neste domingo vagabundo....

este eh um diario atraves de imagens. a cronologia nunca sera a mesma. ele tanto pode estar no passado como no presente mas sempre com o futuro como meta, como se fosse O OLHO REAL.