quinta-feira, 25 de dezembro de 2008

Hoje, meu imaginario fluiu....

Hoje amanheci pensando em algumas mulheres, (ou nas historias delas) que passaram pelo
planeta terra.E como as suas perfomances quase nunca são recordadas, lembradas..`Procurei uma foto no meu arquivo para ilustrar este post, e preferi uma minha quando gravida, la no fundo uma fotografia ampliada de um homem amado.Afinal as mulheres primeiro amam os homens, depois tudo o resto.....Fiz uma relação das mulheres que eu estava pensando ao acordar,
hoje:
a primeira foi a pintora italiana Artemisia Gentileschi,(secXVI)que era filha de um pintor da epoca do Caravaggio, e que foi estuprada por um ajudante de seu pai, e conseguiu que o estrupador fosse julgado e expulso da Italia.
em seguida vieram aos borbotões:---Deborah, governadora de Israel, numa epoca totalmente manobrada por homens, foi uma das juizas de Israel.
A filosofa/matematica Hipatia, ou Hipacia de Alexandria,neoplatonica, (aproximadamente 370 da Era Comum)que foi morta a pedradas porque ousou demonstar publicamente a sua sabedoria.
a pintora mexicana Frida Khalo, que mesmo vivendo unicamente de dores fisicas, conseguiu
se expressar em cores maravilhosas os seus quadros, seus amores.
A escrava Anastacia, que teve a lingua arrancada por sua senhora, por que a sua beleza estonteante desequilibrou o ritmo dos senhores seus donos.Viveu com uma mordaça no rosto ate morrer.

Golda Meir, que aos 16 anos começou a lutar pelo Estado de ERETZ ISRAEL.E foi uma ministra muito competente.

Tamar, a biblica, que salvou a semente de Judah, com muita audacia.
Estas mulheres hoje fizeram parte do meu imaginario, mas sei que são tantas que mesmo que eu queira não caberiam todas neste post..................................

4 comentários:

Madu disse...

Há imagens que falam, aliás gritam tão alto que se fica surdo para as palavras.

DIARIOS IONAH disse...

eh! e as palvras são tão lindas...
as letras,
os simbolos
os ideogramas....

Madu disse...

Os olhos primeiro são seduzidos pelas imagens... Depois vem o erotismo das palavras como diz nossa poeta Adélia Prado.

DIARIOS IONAH disse...

e um e outro vão
construindo uma trança
que so nos da prazer,,,,,

este eh um diario atraves de imagens. a cronologia nunca sera a mesma. ele tanto pode estar no passado como no presente mas sempre com o futuro como meta, como se fosse O OLHO REAL.