sábado, 30 de junho de 2007

CONTINUANDO

o papo de ontem....
eu quero viver com a diferenza sim.
quem mais perdeu com esta aparente igualdade dos sexos na sociedade contemporanea, foi mesmo a mulher.
trabalha, pare(do verbo parir) e amamenta, eh quem observa pertinho o crescimento das crias, trabalhando ou nao a casa esta toda sob sua responsabilidade, e o pior , quando se separa e fica com as crianzas o pai apenas se compromete com o dinheiro e muitas vezes nem isso.o desgaste da relazao eh sempre vista pelos filhos com condescendencia para o pai e la vai disursao sobre o assunto.
as mulheres estao em total desvantagem, ainda.e nem na politica se ve um bom trabalho feminino para o feminino, ou mesmo para que haja respeito mutuo.

3 comentários:

Madu disse...

Creio não estarmos falando de coisas diferentes.As relações humanas precisam ser mais solidárias pro tempo sobrar pra curtir, entrosar, brincar, distrair, ler, ouvir música, plantar jardim, colher flores, beber vinho e olhar tudo que nos traz felicidade com carinho,com ternura. Homem/mulher, mulher/homem na construção de um mundo menos desigual, mais respeitoso e justo.

DIARIOS IONAH disse...

claro, concordo com tudo que disse.
estou apenas conversando sobre o assunto.
e creio que o mundo sera muito melhor quando o respeito entre os dois realmente existir.

zélia guardiano disse...

Concordo com você: até agora, a teoria na prática é outra...rsrsrs...

este eh um diario atraves de imagens. a cronologia nunca sera a mesma. ele tanto pode estar no passado como no presente mas sempre com o futuro como meta, como se fosse O OLHO REAL.