sexta-feira, 27 de julho de 2007

O MAR




Atualmente venho tendo uma relazao bem intima com o mar,
fico na beira dele o olhando e sentindo
como a sua imensao lembra um infinito
de como ainda podem ezistir tantos misterios em sua sprofundezas
e quantos animais ainda nao conhecemos escondidos la dentro da sua escuridao.,
e ao sol poente ele fica de um verde tao intenso e de tao dificil distinguir...
quando chove ele me parece sereno absoluto e sem vivalma ao seu redor.
e dele vieram os nossos conquistadores
e vieram os passivos escravos africanos e do lado de ca existiam
as criaturas das matas, os indios
e destas gentes todas
hoje existe o que esta aqui.
E tudo vindo do mar///////


Um comentário:

Madu disse...

O mar, essa imensidão de profundezas desconhecidas, foi um caminho trilhado pelos sequestradores dos africanos e de suas vítimas nem tão passivas como você o diz. Seres humanos desterritorializados, sequestrados de sua família, roubados em sua identidade, resistiram se jogando nos braços desse mar, resistiram ao organizarem quilombos, resistiram ainda na manutenção de sua religiosidade, resistiram nas diversas formas de saberes e estão vivos na cultura e no povo brasileiro.

este eh um diario atraves de imagens. a cronologia nunca sera a mesma. ele tanto pode estar no passado como no presente mas sempre com o futuro como meta, como se fosse O OLHO REAL.