terça-feira, 27 de março de 2007

divagazones


Eu, com o hibisco e uma bananeira de bananas compridas, daquelas deliciosas que a gente cozinha para come-las com manteiga,e quente.
Gosto das bananeiras, elas me lembram meu poeta japones preferido:MATSUO BASHO!

estas flores vermelhas e lindas teem durazao menor que a vida de uma borboleta.Elas brotam lindas pela manha e a tarde todas caem do pe,assim tenho elemntos suficientes para criar minha arte postal, sem tira-las diretamente da sua arvorezinha, que tambem eh linda!






Hoje eu quero somente divagar, sem nada de antemao formado.mas eu tambem quero falar/escrever conscientemente , mesmo nas divagazones.




Amanheci ja no jardim adubando as roseiras e transplantando outras plantas, enquanto na casa da frente um imbecil matava uma cobrinha,




o imbecil que mora na frente de minha casa bate na mulher, as vezes, quando se embriaga.Quando isso ocorre, os dois acho que com vergonha das vizinhas se mudam um tempo para a ilha de Itaparica, a duas horas daqui.Quando retornam a esta casa em frente da minha parece que voltaram do paraiso, uns veradeiros pombinhos.eu estou com raiva dele nao por bater na mulher, mas por matar a cobra.a mulher eh um tribufu de feia, mas a cobra, coitada estava apenas andando, infelizmente dentro dos dominios deste imbecil.

Um comentário:

Lúcia Camargo disse...

Coitada da cobra... Mas eu gostei mesmo foi da foto do gato(a)preto entre as folhas verde, muito lindo.

este eh um diario atraves de imagens. a cronologia nunca sera a mesma. ele tanto pode estar no passado como no presente mas sempre com o futuro como meta, como se fosse O OLHO REAL.